ar-k2-1
Recarga Gás Ar Automotivo – Auto Mecânica Ar Condicionado Automotivo SP – Brasil
Como funciona Refrigeração Automotivo – Mecânicos Eletrico e Hidraulico SP – K2
Exibir tudo
encontre mecanicos especializados em ar condicionado automotivo sp brasil

QUAL É O CORRETO? DEIXAR A RECIRCULAÇÃO DO AR CONDICIONADO LIGADA OU DESLIGADA?

Como já foi explicado no Posts anteriores, o Sistema de Climatização do veículo aspira o ar externo, resfria e o conduz ao interior do habitáculo utilizando um ventilador elétrico montado dentro no painel. Porém, em algumas condições é interessante impedir a entrada do ar externo, trabalhando apenas o ar interno do habitáculo.
Esta é a função do Recírculo, um dispositivo bastante simples, constituído basicamente por uma portinhola montada na entrada de ar do painel, sendoacionada por um botão. Sua função é permitir ou não a passagem do ar externo para o interior do veículo.
Se não existisse o Recirculo teríamos dificuldade em nos manter por muito tempo atrás de um caminhão, ou mesmo em um engarrafamento dentro de um túnel, pois toda a impureza do ar externo seria direcionada para o interior da cabine. Sabendo disso, devemos manter sempre o Recírculo acionado, ou seja, com a portinhola fechada.
Mas, não é apenas como o objetivo de impedir a entrada de poeira e fumaça proveniente de locais mais poluídos que devemos utilizar o recírculo. Se o mantivermos acionado o Ar Condicionado estará trabalhando apenas com o ar interno do habitáculo, o que favorece o rendimento térmico do Sistema.
Recomenda-se, porém, desligar o Recírculo por alguns segundos, uma ou duas vezes ao dia, para promover uma renovação do ar do habitáculo, evitando o ressecamento das vias respiratórias devido à redução da umidade do ar, mas também não é nada que exija uma atenção especial.

APRENDA A IDENTIFICAR VAZAMENTO DE GÁS NO AR CONDICIONADO

O objetivo deste post é esclarecer o que pode estar relacionado com a perda de eficiência do sistema de ar condicionado.

– Funcione o motor e ligue o botão do ar condicionado. Após um ou dois segundos devemos escutar o acoplamento da embreagem magnética do compressor. Um ruído semelhante a um ” plac”. O não atracamento do compressor é um forte indício de quantidade insuficiente de gás refrigerante.

– Ainda com o motor funcionando, verifique se o compressor entra e sai, repetidas vezes. O acoplamento e desacoplamento da embreagem do compressor também é um forte indício de gás em excesso ou em falta.

– Agora, se ao ligar o ar condicionado você percebe um cheiro diferente no interior do carro, isso é vazamento na certa. Principalmente, pelo evaporador, que é um componente do sistema que fica por trás do painel. É que o gás possui um odor característico, sendo percebido nos primeiros instantes de funcionamento. É difícil descrever o odor, mais um técnico especializado com certeza é capaz de identificar.

– Para ser caracterizado o vazamento é preciso que a perda de eficiência seja gradativa, deixando aos poucos de resfriar. Pois quando há vazamento, a perda de gás é lenta…reduzindo a eficiência gradativamente. Já no caso de um problema elétrico, a perda de eficiência é instantânea.

Se o seu carro se encaixa em uma das questões acima é indício de vazamento. Nesse caso, o recomendado é dar uma nova carga de gás, acompanhada por um líquido especial chamado contraste. Esse líquido permite identificar vazamentos quando exposto à luz ultravioleta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *